A diferença entre cirurgias plásticas em mulheres e homens

Homens que se submetem a procedimentos estéticos normalmente desejam mudanças sutis, para que o resultado seja o mais natural possível e perceptível apenas para os mais próximos

 

Tornou-se cada vez mais comum os homens, de variadas faixas etárias e variados estilos de vida, procurarem o auxílio de médicos e cirurgiões plásticos devido a motivos estéticos - sejam eles por causa da intenção de melhorar sua apresentação profissional ou com o objetivo de uma melhor aceitação pessoal.

 

Diferentemente das mulheres, os homens que vão à procura de cirurgiões plásticos, geralmente desejam resultados mais sutis, sem grandes mudanças. A procura por um nariz mais harmônico com o rosto, sem muitas mudanças, por exemplo, assim como a procura por um rejuvenescimento na face, uma cintura mais reta e sem 'pneuzinhos', um abdome mais trabalhado, sem a presença da 'barriguinha, são alguns dos procedimentos mais realizados por eles.

 

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, os homens tornaram-se 30% do público que procura procedimentos estéticos – número que, até cerca de cinco anos atrás, era de 5%. Isso mostra que o homem brasileiro está fazendo com que o preconceito contra ele diminua cada vez mais quando o assunto é vaidade. Os homens ainda costumam pedir ‘segredo’ na hora de realizar uma cirurgia, mas que isso não é mais um fator decisivo para não realizar um procedimento.

 

Apesar de decidirem se submeter a alguma cirurgia, muitos homens ainda vão aos consultórios acompanhados das esposas, para que as pessoas na sala de espera não saibam que é ele quem irá passar por um procedimento. Em geral, eles pedem mais segredo que as mulheres, pois muita gente ainda tem certo preconceito sobre assuntos que envolvem a vaidade masculina.

 

Hoje em dia já existe a conscientização de que se cuidar com saúde e vaidade é importante e direito de todos, e, por isso, esse preconceito deve diminuir ainda mais com o passar do tempo.

 

Cirurgias mais procuradas e as diferenças entre os procedimentos em homens e mulheres

 

Tecnicamente, os procedimentos são os mesmos tanto nas cirurgias em homens quanto em mulheres. As diferenças ficam nos detalhes: nos homens é preciso respeitar a presença de barba e pelos na face, por exemplo. Além disso, a pele do homem é aproximadamente 25% mais espessa e rica em colágeno do que a das mulheres, por isso as rugas aparecem mais tarde - e, quando aparecem, são mais profundas e marcadas. Por causa dessas características, a cirurgia plástica pode vir a ser mais complexa, já que os homens costumam sangrar e inchar um pouco mais. Isso pode fazer com que a recuperação seja um pouco mais demorada.

 

As cirurgias mais realizadas pelos homens são a lipoaspiração, a abdominoplastia, a otoplastia (correção das orelhas de abano), a rinoplastia (cirurgia no nariz, muitas vezes como complemento de procedimentos realizados devido a problemas de saúde, como o desvio de septo, por exemplo), a ginecomastia (correção das mamas masculinas), e demais cirurgias na face, como a blefaroplastia – procedimento nas pálpebras, - na bolsa sob os olhos e no pescoço.

 

Link: http://www.segs.com.br/so-saude-segs/147789--a-diferenca-entre-cirurgias-plasticas-em-mulheres-e-homens.html