Atividade física após cirurgia plástica é recomendável, mas requer cuidados

Orientação médica deve ser seguida a risca. Exercícios ajudam a manter o resultado do procedimento

 

Muita gente tem dúvida sobre como e quando poderão praticar atividade física após passarem por uma cirurgia plástica. Não só a malhação e a academia, como a prática de esportes e até uma festa ou balada para dançar a noite inteira. A curiosidade é comum a todos que querem saber quando poderão se exercitar sem prejudicar a saúde e o resultado do procedimento.

 

“Cada cirurgia e cada paciente requerem cuidados específicos. Por isso é necessário um bom planejamento antes de passar pela operação. Enquanto houver pontos na região operada, o paciente não pode fazer exercícios físicos” explica o cirurgião plástico Rodrigo Antoniassi. Os pontos são retirados de 7 a 14 dias após o procedimento. Portanto, a volta às atividades físicas pode acontecer, geralmente, dentro de duas semanas.

 

No pós-operatório, o corpo está se adaptando e se recuperando da cirurgia que, na maioria das vezes, é de grande porte. As recomendações médicas devem ser respeitadas, para que se evitem traumas e intercorrências desnecessárias. Lembrando que quanto maior o repouso, mais o corpo se recupera.

 

“A prática de atividades físicas após uma cirurgia plástica é importante, pois os músculos, que ficam abaixo da gordura e da pele, precisam ser estimulados para não gerar flacidez” orienta o médico Rodrigo Antoniassi, que é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Em casos de cirurgias ligadas ao contorno corporal, como a lipoescultura ou lipoaspiração, existe a tendência dos órgãos do abdômen irem para frente e isso deixa a pessoa com barriga.

 

Confira abaixo os tipos de cirurgias e o tempo para a prática esportiva:

 

 

© 2013 www.rodrigoantoniassi.com.br. Todos direitos reservados.