Lifting Frontal

Cirurgia realizada para melhorar a aparência envelhecida da testa (região frontal) e das pálpebras superiores, reduzindo rugas profundas da pele da testa e ao redor dos olhos. O procedimento melhora as linhas horizontais e marcas que podem deixar a pessoa com aparência de brava, cansada ou triste.

 

Dicas e Recomendações

 

Procedimento

Na maioria das vezes este procedimento é realizado utilizando apenas 3 a 5 pequenas incisões (1 a 2 cm) nas regiões frontal e temporal, no couro cabeludo, próximas à linha de implantação do cabelo. As estruturas profundas são tratadas, e os músculos e ligamentos são separados e reposicionados, elevando conjuntamente as estruturas adjacentes, promovendo uma aparência mais jovial e agradável da porção superior da face.

 

Pós-Operatório

O período de recuperação do lifting frontal é de 1 a 2 semanas, dependendo dos casos. Os pontos são retirados na segunda semana após a intervenção.  Deve-se evitar, por ao menos um mês, todas as atividades e exercícios físicos que aumentem a pressão sanguínea. Não é recomendado expor-se ao sol por dois meses e, ao final do primeiro mês, usar filtro solar fator 60.

 

Dicas e recomendações

É importante entender que o lifting não irá deter o processo de envelhecimento. Entretanto, ele pode reduzir significativamente a aparência de linhas e rugas, bem como a sobrancelha caída, revitalizando a parte superior da face para os próximos anos.

 

 

Complicações

Embora seja raro, pode ser necessário colocar um dreno atrás da orelha para drenar o sangue que se acumula nesta zona. É comum aparecer um inchaço na testa, assim como equimoses leves (nódoas negras) que desaparecem nas primeiras duas semanas. A dor é muito reduzida e raramente se verificaram infecções após o lifting frontal.

 

 

Resultados

Os resultados são imediatamente perceptíveis, mas se tornam mais evidentes em duas a três semanas, conforme o desaparecimento dos hematomas e edema. Porém, vale lembrar que, já que existem diferentes velocidades de recuperação, o tempo do resultado final varia de paciente para paciente. As cicatrizes, apesar de permanentes, ficam ocultas em regiões estratégicas do rosto.