Ritidoplastia (lifting completo)

A ritidoplastia é a cirurgia plástica do rejuvenescimento facial. O procedimento atenua os efeitos do envelhecimento, como flacidez, rugas e sulcos. O resultado é uma face mais jovem, harmônica e de aparência natural.

 

Vale ressaltar que a ritidoplastia não altera os traços de expressão do paciente nem deixa seu rosto semelhante ao de algum artista ou celebridade. Também não é possível alcançar uma aparência inferior à idade do paciente. O objetivo do procedimento é atenuar as linhas de expressão ocasionadas pela idade.

 

A perda natural da elasticidade ocasiona excessos de pele em algumas regiões da face, principalmente abaixo dos olhos e das sobrancelhas. Já as rugas surgem devido à movimentação dos músculos faciais, atingindo áreas como testa, olhos, bocas e nariz.

 

O resultado definitivo do lifting completo é alcançado num período de seis meses, sendo fundamental o paciente seguir à risca as recomendações pré e pós-operatórias. A exposição ao sol é um dos fatores determinantes no sucesso do procedimento.

 

Dicas e Recomendações

 

Procedimento

O tempo da ritidoplastia varia conforme o número de regiões a serem tratadas na face, entre duas e seis horas. O tempo de internação do paciente é de um dia. Os cortes são mínimos e feitos em áreas estratégicas do rosto. A anestesia utilizada é a local com sedação. Dificilmente recorre-se à anestesia geral.

 

Contraindicação

A cirurgia não poderá ser realizada se o paciente estiver com suspeita de gripe ou algum tipo de infecção. Caso o paciente faça uso de remédio à base de ácido acetilsalicílico deve suspender a medicação pelo menos 20 dias antes da cirurgia. Se for fumante, cortar o consumo de cigarros quatro semanas antes. O hábito de fumar só poderá ser retomado 30 dias após a cirurgia. Em mulheres, não é permitido fazer maquiagem antes da cirurgia.

 

Pós-operatório
As dores não são comuns no pós-operatório da ritidoplastia. O que ocorre é certa sensibilidade nas áreas operadas, o que se normaliza com o passar das semanas. É muito importante que o paciente faça compressas de algodão embebido em soro fisiológico ou água fria para evitar o inchaço, que pode ocasionar o fechamento temporário dos olhos. O paciente também precisa usar óculos escuros e lenço na cabeça nas primeiras semanas de pós-operatório, além de evitar a exposição excessiva ao sol, vento e frio.


O paciente deve tomar muito cuidado ao lavar o rosto e pentear o cabelo. No caso das mulheres, é importante evitar o uso de secador de cabelo. Se não for possível, recorra a aparelhos de baixo aquecimento do ar.

 

Cicatrização
As cicatrizes da ritidoplastia são mínimas e tendem a ficar imperceptíveis com o passar do tempo. A retirada dos pontos começa na segunda semana de pós-operatório, envolve primeiramente a região das pálpebras. Após a segunda semana são retirados pontos do rosto, do pescoço e do couro cabeludo.

 

Complicações
Apesar de raras, as complicações relacionadas a essa cirurgia são hematomas, infecções, cicatrizes hipertróficas ou quelóides (predisposição do paciente) e necrose (risco maior em fumantes).